Blog

Importância da regulagem do motor

09/10 Importância da regulagem do motor

Entre as manutenções necessárias para manter seu carro funcionando está a regulagem do motor. O motor é o que faz o carro funcionar, se o motor estiver com algum problema, certamente seu veículo não rodará com facilidade ou a mesma fluidez habitual. Além disso, o motor desregulado aumenta o consumo de combustível, pode causar danos graves ao carro e até mesmo um acidente. Por isso, separamos alguns dos principais itens que você precisa estar atento na hora de regular o motor do seu carro.

Válvulas de comando

As válvulas de comando desreguladas causam vibração excessiva no veículo, além de ruídos no motor e irregularidade na marcha lenta. Outros problemas que podem resultar das válvulas desreguladas são a perda de potência e o aumento de consumo, chegando até o superaquecimento do motor.

A regulagem das válvulas é uma das manutenções mais comuns das revisões preventivas e corretivas.

Velas

Achou estranho falar em regulagem de velas? Pois saiba que elas precisam ser reguladas a cada troca. O ideal é que o item seja verificado a cada 10 mil km, sendo que geralmente a troca precisa ser feita entre 40 e 50 mil km, mas o período exato para troca estará indicado no manual do seu carro. Sempre que uma vela começa a apresentar sinais de desgaste, todo o conjunto de velas deve ser substituído.

Injeção eletrônica

A injeção eletrônica tem como função realizar a combustão de ar e combustível na dosagem certa. O sistema garante que o motor entregue sempre o máximo de potência com o menor consumo de combustível e mínimo de emissão de poluentes. Quando há algum problema no sistema de injeção eletrônica, uma luz no painel é acionada. Se isso acontecer, leve seu carro imediatamente ao mecânico para evitar que outros problemas aconteçam.


Leve seu carro para revisão e regulagem do motor pelo menos a cada 25.000 km rodados ou conforme indicado no manual do proprietário ou sempre que identificar algo diferente no funcionamento do veículo.